quarta-feira, 23 de junho de 2010

Amanhecer


Por toda minha vida eu vivi como se estivesse presenciando o último pôr-do-sol. No final de cada tarde eu colocava em uma balança os momentos que valeram a pena, e descartava da minha memória os que eu não gostava de recordar. Até que era fácil. Eu rascunhava frases não ditas em algumas folhas de caderno, e depois rasgava-as em mil pedaços. Abria a janela e jogava tudo. Admirava-me e muito ver as folhas se desfazendo no chão, ficando para trás enquanto eu estava partindo... A sensação que vinha com o pôr-do-sol era de saudade. Vazio. Mas desfazer-me de todas as preocupações e infortúnios aliviavam-me a alma.

E eu sempre vivi assim.

Até hoje, quando eu acordei...

Quando os primeiros raios do sol tocaram o meu rosto. Senti-me quente, de repente. E acolhida, como uma criança enrolada no cobertor.

Então eu abri os olhos e olhei diretamente para a luz que ultrapassava as cortinas do meu quarto. Era o amanhecer.

“O recomeço,” lembrei-me das palavras que costumavam fazer o meu coração pulsar como uma bomba-relógio.

Rasgar as folhas repletas de frases não ditas me pareceu desnecessário naquele instante. Então eu guardei-as no bolso e peguei uma caneta. Escrevi em uma nova folha todos os desejos que vieram em minha mente enquanto eu admirava o amanhecer.

As frases rascunhadas eu levei comigo a manhã inteira. E no final da tarde, eu as reescrevi.

No pôr-do-sol, não me desfiz de nenhuma.

Eu me renovei para a vida e para mim mesma. Parei de pensar em uma noite como a “última noite” e comecei a ver o dia como o “primeiro dia”.

Eu mudei do pôr-do-sol de ontem até o amanhecer de hoje... E quero continuar mudando... Conforme durmo, os meus pensamentos são reciclados, minhas atitudes são criticadas pela minha consciência e nos meus sonhos, são acrescentados detalhes.

Eu nunca mais vou ser a mesma de ontem.

E em minha vida - até então repleta de descarte -, o amanhecer foi a melhor coisa que aconteceu.


Créditos da imagem: http://www.flickr.com/photos/73185724@N00/350745172 "THE TREE"

2 comentários:

  1. que venham muuuuuuuuuuitos amanheceres para você!

    beijos :*

    ResponderExcluir
  2. Seus textos são mt lindos Ana!
    Paraabéns continue assim *-*
    bjs s2

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...