quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Nas paredes do meu quarto

- Sim... Eu concordo com você. Mas o que você me diria, se eu dissesse, "eu não quero fazer nada disso"?
- Eu entenderia que você tem outros planos.
- E se fosse um plano maluco, diferente de tudo o que você já ouviu falar? E se eu lhe dissesse que eu quero ser uma vendedora de sonhos?
- Acho que de qualquer forma eu veria que se trata da sua escolha. E que talvez você soubesse do que se trata. A consciência e sensos são seus. Por mais que para mim soasse como "loucura" (não soa, completamente), é o que você quer fazer e acredita que é melhor para você...
- Entendo... Por que as vezes me deparo com paradoxos indefinidos.Para aonde eu vou? Quem eu quero ser? O que é melhor para mim? Você já se sentiu assim?
- Sim... Mas eu acredito que eu vou para aonde eu determinar.Imprevistos acontecem, ok! Mas tudo é consequência do que fazemos. Quem eu quero ser e o que é melhor para mim, basta apenas eu saber. Talvez a resposta não esteja pintada nas paredes dos meus quartos, mas dentro de mim.
- Dentro de mim... Dentro de mim... As respostas estão dentro de mim. Obrigada, este foi o conselho mais precioso que eu já recebi.

@_tiojohn, é dedicado à você.

Um comentário:

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...