terça-feira, 31 de agosto de 2010

Palavreando

Eu sou feita de palavras. Você me lê, relê e sabe pouco sobre mim. É por que você não consegue ler nas entrelinhas... Eu sou uma porção de entrelinhas - pequenos entendimentos, poucas verdades e uma pitada de paixão - pela vida, pelas flores... Olhe essa flor que linda! Sua textura amarelada remete a mim recordações de um amanhecer cheio de sorrisos. E a você?
Eu sou feita de palavras. E não adianta colocar-me de cabeça para baixo, vou continuar não fazendo sentido. Eu sou assim. Consegue enxergar aquela nuvem escura no céu? Eu sou o que está depois dessa nuvem. Eu sou a tempestade que está prestes a cair. Minhas gotas desfazem-se no chão assim como o meu olhar se desfaz perante a você. E não adianta me colocar de cabeça para baixo! Eu “sou” sentir.
Eu sou feita de palavras. E por favor, não me folheie com um ar de desinteresse! Não me esqueça embaixo da cama. Não me deixe empoeirar! Leia-me! Decifre-me! Descubra-me! Sacie-me! Mostre-me que posso ser algo mais do que uma porção de palavras. Torne-me uma frase. Quem sabe um livro? Coloque-me diante de mistérios, fantasias, amores, angústias. Eu quero viver tudo o que há para se viver. Esteja disposto a mostrar-me o seu mundo que mostrar-lhe-ei o meu. E vou começar dizendo-lhe algo que provavelmente você já leu na contracapa: eu sou feita de palavras.

2 comentários:

  1. LINDO DEMAIS! E quer saber? Eu também sou feita de palavras.

    ResponderExcluir
  2. Doces, sutis, intensas, mortais e reais, inesgotáveis . . . Breves e eternas . . . Impenetráveis e convidativas.
    Você é feita de palavras.

    Parabéns,
    Você me causa orgulho, você me comove
    Professor Rinaldo

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...