segunda-feira, 27 de agosto de 2012

A valsa da tarde boa

Eu só pensava em te abraçar e rezava baixinho para que o tempo não passasse tão depressa. As vezes, sinto uma necessidade de ti que eu não consigo explicar, mas que tenho que cessar o quanto antes. Ver você me deixa em paz. Faz parte do conjunto de efeitos que você tem sobre mim. 

Tentei manter o equilíbrio do corpo enquanto dançávamos ao som daquela velha música do Bob Marley. Lembro de um trecho, o mais belo de todos: one love, one heart. Let's get together and feel all right. É uma letra tão simples e que encantou nossos passos desajeitados. 

O sol batia na janela da sala, minhas mãos estavam quentes em volta do seu pescoço e os meus olhos permaneceram fechados até a música acabar. Eu não queria, mas quando terminou a música, senti que precisava ir embora. 

Há tantas coisas que nós temos que fazer... Mas nessa rotina transitória, haverá sempre um tempo para dançar mais uma valsa. Nem que tenhamos que nos ajeitar todos os dias, deixar obrigações de lado, sentir o sono pesar de cansaço, esquecer os compromissos da vida adulta. 

Haverá sempre mais uma dança. Isso é uma promessa, meu amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...