quarta-feira, 7 de agosto de 2013

A biblioteca da escola


Sinto saudades da biblioteca da minha escola. Sinto saudades das tias que ficavam por lá de tarde e eram sempre atenciosas comigo, mesmo quando eu ficava emburrada por não encontrar um livro que eu queria muito ler.

Mas no outro dia a tia Lurdes aparecia com o livro. Ela sempre encontrava. Caramba, eu acho que a tia Lurdes conhecia todos os exemplares e sabia onde todos eles estavam. 

Tinha dois andares. O primeiro era reservado para os livros didáticos que poderiam ser consultados pelos alunos e professores. Confesso que eu não ficava muito nesses corredores, apenas quando tinha que estudar para as provas de física. O segundo andar era o meu lugar favorito. Foi lá que eu encontrei alguns livros maravilhosos, mas que infelizmente não são tão conhecidos, como a Série Órfãs. 

Eu costumava passar algum tempo depois das aulas entre os corredores do segundo andar junto com a minha amiga Fernanda. Nós conversávamos sobre as aulas, sobre a vida e claro, sobre livros. Trocávamos várias indicações de leituras novas. Sinto falta disso. Sinto sua falta, Fê.

Há dois anos eu não tenho mais acesso à biblioteca. De repente, o meu lugar favorito deixou de ser meu. Nada de pronomes possessivos, agora é a simplesmente a antiga biblioteca da escola. Mas não deixo de lembrar com muito carinho, ainda guardo os detalhes. Os lançamentos ficavam logo atrás da dona Lurdes, depois do balcão. Tinha um globo, alguns atlas enormes e gibis. Era linda.

E é assim que vou guardá-la na minha memória, não importa quantos anos se passem, quantas bibliotecas eu conheça, a mais especial sempre será a da minha escola. Meu primeiro cantinho. 

Ops, olha aí os pronomes possessivos de novo. 

Como é/era a biblioteca da sua escola?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...