quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Coração de Palavras #5: Só Mais Cinco Minutinhos...


Não quero saber como o dia está lá fora. Ensolarado, nublado ou até mesmo chuvoso. Estou aqui dentro, ao seu lado, com a cabeça encostada em seu peito, sentindo sua respiração subir e descer lentamente. Despertei há poucos minutos só para te observar dormir – ah, como adoro fazer isso – seus olhos serrados descansam gostosamente e parece que está tendo ótimos sonhos, pois seus lábios sorriem inocentes. Não resisto à barba que estampa sua face, preciso tocá-la, você sabe que não resisto a ela, não é mesmo? Seus cabelos desgrenhados são um charme à parte e o cheirinho de travesseiro é algo entorpecedor.

Sinto suas mãos tocarem minha cintura e logo seus lábios vão de encontro a minha testa. “Bom dia, meu Anjo!” – sua voz rouca invade meus ouvidos e me faz sorrir. Lembro então daquele trecho de Equalize: “Adoro essa sua cara de sono e o timbre da sua voz (...)”. Uma sensação boa invade meu corpo e é nesse momento que me dou conta de que meu dia será incrível. Silenciosamente, vou até seus lábios e sinto o calor que ele emana! Doce como bala de iogurte, leve como penas de beija-flor. Não trocamos uma palavra, afinal aquele momento pedia apenas silêncio. Eu não me importaria de perder a hora para ir ao trabalho e não faço questão de saber que horas são. Ficaria ali, enroscada em seus braços, por todo aquele longo dia de outono, sentindo sua barba pinicar minha testa, seus braços envoltos em meu corpo, sua mão deslizando docemente em minhas costas. O mundo poderia acabar naquele momento, para que tudo fosse eternizado daquela maneira. Nosso silêncio não incomoda, mesmo adorando sua voz rouca pela manhã. Eu ficaria ali para sempre!

O alarme do celular toca pela primeira vez. Mais cinco minutinhos, eu penso. Você prontamente o desliga e volta a me envolver em seus braços. Para que palavras, quando temos a telepatia?  A posição agora é outra. Uma de nossas favoritas: conchinha. Sua respiração em meu pescoço, nossos corpos ainda mais colados. Não quero mais cinco minutinhos. Quero um dia todo ao seu lado! Quero perder a hora do trabalho, quero esquecer o mundo lá fora, quero dormir e acordar assim todos os dias. Se me pedir para ficar, daqui eu nunca mais saio – basta apenas uma palavra. Sei que te verei ao final do dia, mas nada se compara a estar aqui no calor do teu abraço.

Os cinco minutos passam voando e mais uma vez a música toca em nossos ouvidos. Hora de acordar! - uma voz parece dizer. Mesmo contra vontade, nos levantamos preguiçosamente e começamos nosso dia. Seu perfume ainda está em minha roupa e sei que o levarei o dia todo comigo. Nos despedimos sem vontade de partir, mas sabendo que mais tarde tudo irá se repetir. O dia está nublado lá fora e agora, são exatamente oito da manhã. Estou apenas alguns minutos atrasada, mas com um sorriso lindo estampado no rosto.

 Sobre quem te escreveu 

Camila Queiroz, tem 22 anos e mora em São Paulo. A nossa escritora de hoje ama escrever!


Quer participar? Leia o post (clique aqui) para conhecer as regras e envie a sua crônica e/ou poema para anapolo@olacocorderosa.com!

Coração de Palavras #1: Be Happy!, por Rany Hosana.
Coração de Palavras #2A Música do Nosso Amor, por Maria Eduarda Bezerra dos Santos.
Coração de Palavras #3Explosão Colegial, por Letícia Protasiewicz.
Coração de Palavras #4: Meu Cantinho É Rosa, por Rosiane dos Santos

2 comentários:

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...