domingo, 1 de dezembro de 2013

Já faz um tempo


Já faz um tempo que o sinal não toca às duas e quarenta e cinco
Já faz um tempo que não reclamo de usar meias brancas
Já faz um tempo desde que lavei meu uniforme pela última vez
Já faz um tempo que não tenho agenda

Guardei alguns cadernos e as fotografias
Doei os livros, me desfiz das anotações
O uniforme eu dei para a minha cunhada
As meias foram trocadas por novas

Todo o dia a rotina,
Todo o dia os amigos,
Todo o dia os professores,
Todo o dia

Oh, que saudades que tenho
Como diria Taynan, que saudades
Da biblioteca, da companhia, das risadas
Da história, da filosofia, da química

A escola é espaço do primeiro amor, do primeiro tudo
Já faz tempo desde o último dezembro
Que saudades, que saudades!
Já faz tempo.

4 comentários:

  1. oiiiier nossa que post legal e bonito quanto tempo n leio nada assim tao profundo tbm sinto saudades daquela mesma rotina que eu tinha e que lendo o que vc esceveu me fez lembrar dos amigos que ja nao vejo a.algum tempo das risadas que davamos a todo minuto das brigas mas em fim um dia esse tempo passa as coisas mudam uns hj ja sao cadados outros noivos tem filhos mas fazer o que uii chega falei de mais ja.

    bjusss tava tudo muito lindo e ate depois minha flor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Juliana, foi exatamente assim que eu me senti quando recorri ao teclado para escrever essa saudade, que chega sem avisar e que as vezes demora, demora. Fico feliz por saber que você gostou e se identificou com o meu texto! Um grande beijo :*

      Excluir
  2. ...ja faz tempo desde o ultimo dezembro..lindoooo, viajei no tempo, quanta saudade, me emocionei Ana. Bjs, te acompanhando sempre, Nay

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Nay! Venha me visitar no Laço sempre, ok? Beeeijos!

      Excluir

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...