quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Introvertida? Eu?


Definitivamente esse texto não foi planejado. Aliás, nem sequer passou pela minha cabeça que um dia eu escreveria sobre um pedacinho meu, qualidade ou defeito, dependendo do ponto de vista e do humor de quem observa. 

Na timeline do facebook, a gente encontra de tudo. Hoje, uma amiga da escola compartilhou um link, cujo o título era "23 sinais de que você é uma pessoa introvertida". Curiosa que sou, cliquei no link para conhecer esses tais sinais (e aposto que você, leitor, fará o mesmo).

Eu me identifiquei logo nos primeiros sinais, especialmente 1, 3, 5 e 6. E depois de ler duas vezes a postagem, desgrudei da tela do computador e me encarei no espelho. Será que sou mesmo introvertida? Como em poucas linhas, alguém que eu jamais conhecera me descreveu, mesmo sem sequer ter visto o meu rosto ou lido os meus textos?

Colocando os questionamentos de lado, preciso dizer que fiquei surpresa com a total identificação que tive com a lista. Eu juro que não esperava. É complicado explicar, mas vamos deixar desse jeito: ser assim nunca foi uma escolha, muito pelo contrário, é uma reação espontânea que surge quando eu me deparo com situações novas, pessoas novas, lugares novos. Eu me isolo e justo eu, que adoro falar e compartilhar ideias, me escondo num cantinho, me distraio por qualquer movimento na rua até eu me sentir a vontade - isso pode demorar horas ou meses...

E então, ter esses detalhes compartilhados e reconhecidos não me deixou feliz. Os itens foram se aproximando da minha realidade e eu pude perceber que não gosto dessa introversão. Não gosto.  É por essa razão que muitas vezes, deixei de falar o que pensava, recorrendo ao papel, porque assim era mais fácil e menos expositivo. 

"22. Você escreve."

E foi através da escrita pude encontrar um "eu" sem restrições, sem medo de seus sentimentos e de como eles serão compreendidos por quem os lerem. E é esse "eu" que faz com que eu me sinta bem. Do meu jeitinho.

[...]

Introvertida ou não, continuarei escrevendo. Foi a melhor válvula de escape que eu encontrei. O ponto de luz no meio da escuridão. Sei que ainda levarei tempo para me desvencilhar dessas emoções que me escondem. Mas sei também que posso melhorar e quem sabe algum dia, eu não tenha nadinha a ver com essa lista. 

5 comentários:

  1. Antes de ler esse parentese "(e aposto que você, leitor, fará o mesmo)" eu já tinha aberto o link em uma nova aba! kkk
    Me identifiquei com uma ou duas opções apenas...

    ResponderExcluir
  2. Assim como você, na curiosidade, cliquei e li o texto. Não ficou dúvidas de que sou introvertida. Os sinas 1, 5, 9, 15, 18 e 22 me descrevem perfeitamente. Escrever foi o melhor jeito que achei para me conhecer melhor, para desabafar e colocar meus pensamentos em ordem.

    http://helofinato.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Me identifiquei com quase todos os itens..

    ResponderExcluir
  4. Li algumas coisas lá no teste. Até me identifiquei com alguma coisa, mas mesmo assim, não me considero uma pessoa introvertida.
    Apesar, de tudo que está ali, foi passado antes por um psicologo? Certo. /
    14 - 15 - 16 - 17 - 3 - 2 - 22 - 23 .Identifiquei-me sobre esses. Eu deveria estar profundamente alguma coisa, mas não me passa nada na minha cabeça do que, nada. Absolutamente nada, porque eu tenho amigos, você (imagino) têm amigos.
    . Eu gosto de estar em lugares públicos, como gosto de ficar no meu quarto que não tem porta, mas mesmo assim libera um espaço do qual eu possa ficar sozinha.
    Só acho que a gente, primeiramente, deve conhecer-se. Ops', a gente se conhece mais quando existe alguma coisa que expõe algo que acabamos dando razão, tipo, esse teste.

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...