sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Sobre se sentir bem com as roupas que uso


Quero deixar claro que o seu comentário não me ofendeu... sei que sou um pouco mais dramática do que as pessoas costumam ser, mas não, não me senti ofendida nem nada do tipo. Mas preciso dizer, minha querida, que não pude deixar de pensar nas suas palavras. O efeito que elas me causaram pode até ser normal para outras garotas, mas para mim foi algo novo - não sabia que me importava tanto com aparências. 

Chega de falar nas entrelinhas. O que aconteceu, foi que eu não esperava que você me dissesse isso, que a roupa que eu usei para ir a faculdade parecia mais com roupa de ficar em casa. Será que sempre existiu essa segregação e só agora que eu a notei? Ok, eu não estava maquiada, se quer havia penteado meu cabelo, mas eu estava tão assim, não apresentável? 

Sei que bermuda, camiseta do Ramones e sandálias não é o tipo de look do dia que uma blogueira de moda faria, mas eu não sou assim - e não sou blogueira de moda. É claro que me preocupo com o básico, por exemplo: "será que esse shorts não está muito curto?", mas nada que me deixe duas horas na frente do espelho. Sou muito simples, amiga. Não faço as unhas, apesar de ter alguns esmaltes, não me maquio pra ir a faculdade ou a padaria, não sei a diferença que existe entre sapatos femininos e nem qual é a última peça da moda. Visto o que tiver, o que dá pra comprar e o que for confortável. E por incrível que pareça: me sinto bem assim. 

Cresci usando uniforme todos os dias para ir a escola, então não foi através das roupas (estilo) que eu fiz amizades. Foi através do caráter. Sei que a roupa pode dizer muito sobre as pessoas, mas isso vai ser a última coisa que eu irei reparar em alguém. A última.

Precisei escrever para que assim pudesse parar de pensar sobre o assunto que surgiu em suas palavras. 

9 comentários:

  1. Adoro seu jeito simples, e a sua maneira de pensar sobre as coisas. Muitas vezes me vi tentando mudar para me encaixar em alguns tipos de "grupinhos" mas logo percebi que eu gosto mesmo é de ser assim, como eu sou. Seu texto me fez pensar em muitas coisas, muito boba a pessoa que fez esse tal comentário.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fico feliz por saber que você gosta do jeito que eu escrevo :) espero que tenha feito você refletir de um modo positivo!

      Excluir
  2. A-DO-REI, Ana! Eu sou exatamente como você, nesse quesito! As pessoas têm costume de falar demais e achar que todos têm que ser igual! Eu hein

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Aline! Infelizmente, muitos pensam assim...

      Excluir
  3. Caramba! Adoreii esse post. Tua simplicidade é o que te faz ser única. Sou um exemplo disso, não uso maquiagem, não faço as unhas e não me importo com moda. Admiro muito você, siga em frente!

    ResponderExcluir
  4. Comentario totalmente desnecessario, seja ela sua amiga ou apenas colega. Nessa sociedade que vivemos temos que ser uma "forma de bolo" todo mundo igual. Eh preciso ter coragem para sermos autenticas. Parabens por ser de verdade!! Bjs, Nay

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem toda a razão, Nay. Obrigada pelo apoio!

      Excluir
  5. Oi Ana.
    Eu passei a ver seu blog por causa de um comentário de uma amiga, e tem menos de uma semana que eu vejo o seu blog, mais depois da primeira vez que eu o vi eu não parei mais de olhar. Eu nem tenho muita vontade de ficar no computador, mais lembro do seu blog e as vezes entro só por causa disso. Amoo suas postagens, de verdade, você meio que virou uma inspiração. Sou estudante de letras também, e estou no primeiro semestre. E como você, eu sempre quis um blog mais eu tenho alguns medos com relação a isso. Já pensei em escrever um livro, que por sinal eu comecei mais não terminei, enfim, no seu blog eu descobrir que você tem algumas vontades que são iguais as minhas. Virei sua fã. Sobre esse post, eu me identifiquei muuito, porque eu visto o básico pra ir pra universidade, vou de sandália, uso a roupa mais confortável que eu tiver. Então nós devemos nos vestir como desejamos e nos sentimos bem, não como as outras pessoas acham que devemos. E é isso :) Beijos de sua grande fã, Carolina.

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...