quarta-feira, 26 de março de 2014

Não se preocupe


Aqui vai um lembrete que eu não quero esquecer tão cedo: não se preocupe tanto. A preocupação é um vício, meus caros. Ela se torna parte de nós, mesmo nos detalhes mais singelos. Ela vai transformando aos poucos o presente do indicativo em futuro do pretérito. Eu vou... ah, eu iria se não fosse por isso, isso e aquilo. Se não fosse a chuva, o metrô lotado, o medo de errar, a estúpida timidez e a bendita ansiedade que deixa o coração aos pulos. Se.

Mas a gente tem que dar a volta por cima, sabe? Encontrar o nosso próprio jeitinho de lidar com tantas condições desnecessárias. No começo é difícil (ainda estou no começo), mas tenho certeza que o resultado no final é prazeroso, como uma tarde tranquila ao som de Beatles... 

É ruim demais se preocupar tanto. É besteira, se formos parar pra pensar, não é mesmo? Afinal, qual o poder que temos para impedir que a Vida siga em frente? E é claro que nesse longo trajeto iremos nos deparar com estradas esburacadas, péssimos condutores e pedestres mal educados, mas tudo isso faz parte daquilo que conhecemos por Aprendizado. E este, pode ser proveitoso ou não, dependendo apenas da maneira com que lidamos com os imprevistos que surgem no meio do caminho. 

Por hora, esqueça aquilo que te preocupa. E tenha bons sonhos. 

2 comentários:

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...