domingo, 6 de julho de 2014

Leitura da semana: Vaclav & Lena, de Haley Tanner


Essa é a história de Vaclav e Lena, duas crianças, a primeira nasceu na Rússia e se mudou com os pais para os Estados Unidos numa época em que sua nação enfrentava grandes dificuldades financeiras e sociais, e a outra, tem um passado misterioso, pois não se sabe se ela nasceu na Rússia ou nos Estados Unidos, não há paradeiros sobre seus pais, nem de sua própria história.


Vaclav

Vaclav é um menino esperto que se adaptou muito bem ao novo idioma e a cultura norte-americana. É filho de Rasia, uma mulher firme em suas palavras e extremamente preocupada com ele. De início, você pode não gostar dela, mas quando a conhecer melhor, será impossível não amá-la, ou no mínimo, nutrir um grande carinho por essa mulher robusta e sincera. 


Oleg é o seu pai, esposo de Rasia. É um homem que se mantém ligado a Rússia, assistindo canais do seu país logo depois do jantar, enquanto bebe sua vodca de todo dia. Mas a relação que ele tem com sua pátria não pode ser comparada com a que ele tem com a sua família: Oleg é um homem ausente emocionalmente, que raramente demonstra afeto a mulher ou ao filho. Me atrevo a dizer que ele é um personagem fantasma, apagado e que não faz diferença na narrativa: nós sabemos que ele está lá, jogado no sofá, mas não fará nada por ninguém. 


Vaclav sonha em se tornar um grande mágico e ilusionista como David Copperfield e Harry Houdini, e todos os dias depois da aula – e da lição de casa, rigorosamente vigiada pela Rasia – ele pratica com seu livro O Almanaque do Mágico. Nesses momentos, ele se torna Vaclav, o Magnifíco e Lena é a sua linda assistente. Os dois têm nove anos de idade.


Lena

A história de Lena é complexa. Como disse anteriormente, ela não sabe se nasceu na Rússia ou nos Estados Unidos e não conheceu os seus pais. No entanto, morou até os seis anos de idade com a Radoslava Dvorakovskaya, a quem ela chama de vovó (babushka), mas que não é a sua avó. Lena foi deixada na casa de babushka quando ainda era muito pequena pela sua tia Ekaterina, irmã de sua mãe. Depois de alguns acontecimentos com sua babushka, Lena, ainda criança, passa a morar com ela. 


Ekaterina é dançarina de strip-tease e quase nunca está por perto. Não cuida de Lena, não compra comida e a casa está sempre uma bagunça. Lena se vira da melhor forma possível, mas por causa de tamanho abandono, se torna cada vez mais uma menina tímida, reclusa em seus pensamentos. Além disso, mesmo morando nos Estados Unidos, Lena só sabe falar russo, pois era a língua que sua babushka –e agora, sua tia, sempre falaram com ela.


Juntos

Os dois ficam amigos ainda crianças e eu não contarei como, porque seria um baita de um spoiler. Mas logo que se conhecem, um se torna importante para o outro. Nesse mesmo dia, Rasia os leva para brincar e ambos, Vaclav e Lena, ficam encantados com o Famoso Teatro Sideshow de Coney Island, e decidem que um dia farão um grande espetáculo de magia e ilusionismo no mesmo lugar. Os dois passam a praticar truques de mágica todos os dias até os nove anos de idade. 


Separados

Certo dia, Lena não foi para a escola e nem para a casa de Vaclav. Será que ela tinha se esquecido dos ensaios de mágica? Rasia, que nutre um amor especial pela menina, vai até a casa da tia Ekaterina depois do trabalho para saber o que realmente está acontecendo. Logo depois – por motivos que você precisa ler para entender – Lena é levada para outro lugar, bem longe da tia e da família de Vaclav.

Os dois crescem separados, passam o final da infância e a adolescência sem terem notícias um do outro. É somente com dezessete anos que o reencontro acontece e agora, Lena quer preencher as lacunas da sua vida, encontrar os seus pais e para isso, pedirá ajuda a Vaclav.

Juntos, descobrirão a verdade por trás de tantos segredos e a amizade dará espaço a um novo sentimento no coração desses jovens, um sentimento que os unirá para sempre.


Esse é o livro de estreia de Haley Tanner e eu espero que ela não deixe de escrever tão cedo. A narrativa percorre os pensamentos das personagens e é muito gostosa a sensação que isso dá, como se fôssemos a consciência deles, oniscientes de todos os seus sentimentos e fraquezas.


São muitos os assuntos abordados no livro, o que dá um respaldo relevante a narrativa. Como leitora, eu não tenho do que reclamar: foram dois dias entregues a uma linda história, a belos personagens e me sinto muito grata por ter ganhado um livro tão impressionante. Valeu, Lais!

 Informações sobre o livro 

Titulo: Vaclav & Lena  (tradução de Vaclav & Lena: a novel)
Autora: Haley Tanner
Editora: Intrínseca
Ficção Inglesa
ISBN: 978-85-8057-205-6
271 páginas

4 comentários:

  1. Fiquei com vontade de ler... Suas resenhas são muito boas :)
    http://senhoritainvisivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu estou louca pra ler esse livro e ler sua resenha só fez a vontade crescer!
    Vou aproveitar as férias - que recém começaram - para colocar minhas leituras em dia e para comprar alguns livros novos, esse com certeza está na lista de desejados! <3


    palavras alienadas

    ResponderExcluir

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...