segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Leitura da semana: A cidade e as serras, de Eça de Queirós


A leitura da semana foi o livro A cidade e as serras, escrito pelo Eça de Queirós, publicado postumamente em 1901. 

José Fernandes é quem nos conta a história de seu melhor amigo Jacinto, um homem muito rico e moderno, que no final do século XIX, possuía muitos aterfatos tecnológicos, livros e mais livros científicos espalhados no 202, um elevador, enfim, era um homem que acreditava que a felicidade só era plenamente conquistada através da civilização. 

Após sete anos separados, Zé Fernandes decide passar um tempo na casa de Jacinto, e acaba encontrando o amigo triste, muito abatido pelo tédio. O criado Grilo acredita que o problema do Príncipe, é a fartura.


Certo dia, Jacinto parte para Tormes, lugar onde seus avós estavam enterrados. Antes de ir, ele planeja tudo: os seus artefatos tecnológicos foram enviados com antecedência, para que quando ele e Zé Fernandes chegassem lá, encontrassem o bom e velho 202. Além disso, fora organizado uma reforma, de modo que mesmo na serra, os amigos tivessem o conforto da cidade grande.

Por uma completa falta de sorte, as malas e os objetos pessoais foram perdidos, e pra piorar: ninguém esperava a visita deles. O que os dois amigos encontraram, foi uma casa abandonada, sem nem mesmo um telefone - ou qualquer outro vestígio de civilização.

Contudo, a nova realidade faz muito bem para o nosso Jacinto, antes triste e melancólico, agora feliz e motivado. O Príncipe descobre nas serras, a felicidade que a cidade não pôde lhe proporcionar. Jacinto inicia projetos para melhorar a vida das pessoas que também moram em Tormes, disponibilizando atendimento médico, moradia digna, alimentos, etc.


E claro, além de encontrar a paz de espírito, Jacinto também encontra o amor de sua vida...

Se a arte é aquilo que deve provocar mudanças, então eu acredito que Eça de Queirós foi um grande artista. Ele não só voltou os olhos a Portugal como também mostrou uma legítima preocupação com as serras lusitanas. É uma obra especial e saudosista. Poética. Certamente, eu leria de novo. As aulas de Literatura Portuguesa estão me proporcionando ótimas leituras.

 Informações sobre o livro 

Titulo: A cidade e as serras
Autor: Eça de Queirós
Editora: Saraiva Conteúdo
Romance Português
235 páginas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...