domingo, 12 de abril de 2015

Encontro


Ver você em contextos diferentes remetem a mim, emoções diferentes. Porque uma coisa é você estar aqui em casa, abrindo o seu armário e pegando o chinelo, mexendo nas estantes da cozinha, procurando algo doce para comer ou assistindo a um filme no netflix, você sentado no seu lugar de antes. Essa era a nossa rotina aos sábados, então quando você vem aos domingos, sinto como se nada tivesse mudado - você apenas passou uma semana fora e como todos nós passamos também, tudo fica numa boa. Mas uma coisa muito diferente, é ir te visitar no seu serviço, perguntar ao segurança da escola se você está ocupado, te ver de jaleco e na porta da sua sala, avistar os alunos esperando pela sua aula. Em menos de cinco minutos, te deixo a par das novidades, respondo a mesma pergunta de sempre, o pai e a mãe estão bem, e antes mesmo que eu pudesse perceber, começamos a nos depedir, porque você tem que dar aula e o pai tá me esperando no shopping, e é diferente de ter ver aos domingos, porque eu sei que depois das dez, você não vai pra casa. Pelo menos, não pra nossa. E enquanto eu vou andando com passos rápidos de volta ao encontro do pai, eu me pego chorando, porque a saudade não é nem um pouco tímida - não se importa se alguém me verá deste jeito, ela apenas quer ser sentida. E eu a sinto todos os dias - uns dias mais do que outros. 

Um comentário:

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...