segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Leitura da semana: A mais pura verdade, de Dan Gemeinhart


Essa é a história de Mark, um garoto de 11 anos que num certo dia, após receber uma triste notícia, decide fugir de casa para realizar seu grande sonho: escalar uma montanha. Para realizar tal desafio, Mark prepara uma bolsa contendo equipamentos de escalagem, alguns mantimentos e dinheiro. Contudo, o nosso protagonista não viaja sozinho - ele leva consigo seu melhor amigo e fiel companheiro Beau, um cachorrinho que ganhara quando era pequeno. 

Os dois pegam o trem para Seatlle e iniciam sua longa jornada (Beau vai escondido, é claro). Tudo parece dar certo, a não ser pelo grande aperto que Mark sente no coração por deixar seus pais e sua melhor amiga, Jess. Além disso, ele passará por grandes surpresas, umas boas e outras nem tanto; conhecerá pessoas que o ajudarão e também pessoas que o afastarão de seu objetivo. Mark então conhece um outro lado da vida, longe do carinho e do conforto de sua casa.


Durante a narrativa, entedemos o motivo de sua fuga, que há dois dias vem deixando os seus pais desesperados e sua melhor amiga sem saber o que fazer: Mark está doente e segundo os médicos, não há muito tempo de vida. Essa notícia o deixa transtornado, frustrado e com raiva - de tudo e de todos. 

"Isso é uma coisa que eu entendo: tudo. Atravessar aquela montanha, dando passos na neve, era tudo de que eu precisava. Pensei em toda a minha doença, em toda a minha raiva, em todo o meu medo. Tudo aquilo era só a escuridão, só a tempestade. E eu me perdi nelas. Mas sempre há o outro lado da tempestade. E as pessoas que levam você até lá.
 O mundo inteiro é uma tempestade, eu acho, e todos nós nos perdemos em algum momento. Vamos atrás de montanhas no meio das nuvens para que tudo pareça valer a pena, como se isso tivesse algum significado. E, às vezes, nós as encontramos. E seguimos em frente.
Eu segui em frente." 

Um livro de superação e companheirismo. O personagem que mais me impressionou foi o cachorro Beau - me fez lembrar da minha Pandora e do quão grande era seu amor por nós. Para o fiel companheiro, Mark era a sua família - e Beau o seguiria até o fim do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...