segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

How I wish you weren't there...

- Posso mudar de rádio?

- Hmmm... depois de tocar duas músicas, pode ser? 

- Pode, mas por quê?

- É que hoje tá rolando um especial Pink Floyd da Kiss e vai tocar Wish You Were Here. Essa foi a música da semana, sabe por quê? Por que eu senti muito a sua falta e queria que você estivesse comigo em alguns momentos...


Coloquei a minha mão sobre a coxa dele, enquanto ele dirigia. Estávamos indo para a casa do meu sogro. Enquanto outras músicas do Pink Floyd tocavam na rádio, comentei sobre o meu dia e sobre o livro que estava lendo. O nome é "Como Ouvir a Voz de Deus", de Joyce Meyer. Estou aprendendo muito com ela e gosto de compartilhar essas coisas com o Lu. Lembro que no momento em que tudo aconteceu, eu estava falando sobre o plano de Deus. No livro, a autora comenta que Deus tem um plano para todos nós, mas que ele não nos obriga a segui-lo. Podemos viver de acordo com as nossas vontades ou de acordo com as vontades de Deus. São escolhas que fazemos, cada qual com os seus resultados. 

E então, aquilo.

Dois motoqueiros armados pararam ao lado do carro. Eles gritaram com a gente, pedindo para que saíssemos do veículo e deixássemos tudo. Eu entreguei a minha bolsa na mão de um deles e não resisti: olhei em seus olhos. Foram apenas alguns segundos, mas o suficiente para eu sentir um arrepio no meu corpo. Os olhos dele eram sombrios e eu soube que ele seria capaz de fazer qualquer coisa. O Lu me puxou para perto de si e descemos a rua. Não vimos para qual direção eles foram. Não ousamos olhar para trás.

Enquanto isso, algum vizinho viu tudo e chamou a polícia. Fomos saber disso um bom tempo depois. Descemos a rua em silêncio, tremendo muito, assustados. O Lu tocou a campainha da última casa e logo os moradores nos receberam e nos ajudaram. 

Eu não conseguia falar. Fiquei uns 10 minutos sem conseguir falar. A mulher me deu algumas gotas de calmante, o Lu foi na rua conversar com os policiais. Eu não consegui ficar do lado dele, eu não consegui reagir e me sinto muito mal por isso. 

No mesmo dia, o carro foi encontrado e já está na garagem. Os bandidos deixaram alguns dos meus pertences no carro, mas como eles levaram as nossas carteiras, tivemos que fazer tudo de novo.

Estamos bem agora. 

E depois de tudo isso, não consigo sentir raiva - sinto-me triste por eles. Aqueles homens, em algum momento de suas vidas, se perderam. E tudo o que eu desejo para a vida deles é que eles encontrem o caminho de Deus. Eu orei por eles e vou continuar orando. 

Did they get you to trade
Your heroes for ghosts?
Hot ashes for trees?
Hot air for a cool breeze?
Cold comfort for change?
Did you exchange
A walk on part in the war
For a lead role in a cage?

Trecho de "Wish You Were Here", do Pink Floyd

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar O Laço Cor de Rosa. O seu comentário é muito importante para mim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...